Domingo, 26 de Junho de 2022
13°

Alguma nebulosidade

Goiânia - GO

Saúde Fibromialgia

Baixas temperaturas e sua relação com a fibromialgia

A previsão é de que essa semana Goiás encare novamente o frio, alerta para pessoas que sofrem com fibromialgia, já que as baixas temperaturas pioram as dores crônicas causadas pela doença

15/06/2022 às 14h11
Por: Redação
Compartilhe:
Baixas temperaturas e sua relação com a fibromialgia

As temperaturas em Goiás caem novamente nos próximos dias e segundo a Cimehgo, a frente fria traz chuvas e a temperatura mínima pode chegar a 13ºC. Alerta para pessoas que sofrem com fibromialgia, já que as baixas temperaturas pioram as dores crônicas causadas pela doença. A fibromialgia é considerada a segunda causa mais frequente de consultas médicas à reumatologistas e, de acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, entre 9 e 26% dos pacientes com o problema estão afastados do trabalho por incapacidade provocada pela dor.

A psicoterapeuta Jordana Ribeiro

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a fibromialgia é uma síndrome que engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição e distúrbios do sono. Trata-se de uma forma de reumatismo associado à sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso. Ainda de acordo com o MS, não existe um método de prevenção comprovado e especialistas indicam a atividade física como auxiliar para o tratamento. A síndrome afeta cerca de 5% da população mundial e mais de 4 milhões de brasileiros.

 

Segundo a psicoterapeuta Jordana Ribeiro, especialista na doença, as baixas temperaturas trazem prejuízos para quem sofre de fibromialgia. "Para manter o corpo aquecido no inverno, o organismo enrijece a musculatura a fim de reter calor. Essa tensão dos músculos agravam as dores de quem sofre com a síndrome", explica. Ela continua dizendo que por isso, neste período, os cuidados devem aumentar e o tratamento intensificado. Jordana afirma que existem muitas opções que podem contribuir.

Entre as mais diversas indicações, a psicoterapeuta lembra que no inverno é importante que as pessoas que possuem a doença se mantenham aquecidas, principalmente os pontos de dores. Além das roupas que aqueçam as extremidades, bebidas quentes como chás são grandes aliados na hora de manter o corpo quente. Para evitar o uso indiscriminado de remédios para dores, Jordana indica outra ferramenta natural que pode ajudar. "O uso do óleo essencial de copaíba também é de grande ajuda", diz.

 

E claro, ela enfatiza a importância de manter o tratamento em qualquer época e em quaisquer condições, porque será isso que ajudará a longo prazo. "O tratamento composto por atitudes multidisciplinares tem que continuar. Manter uma boa rotina de exercícios físicos, alimentação saudável, controle de sobrepeso e principalmente entender a raiz emocional que envolve a doença aplicando técnicas de acordo com a mensagem emocional no corpo que a fibromialgia gera é primordial", finaliza Jordana Ribeiro. A psicoterapeuta tem o intuito de ajudar as pessoas acometidas com essa doença a voltarem a ter uma vida com qualidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Goiânia - GO Atualizado às 07h39 - Fonte: ClimaTempo
13°
Alguma nebulosidade

Mín. 13° Máx. 31°

Seg 31°C 14°C
Ter 31°C 16°C
Qua 32°C 15°C
Qui 32°C 15°C
Sex 28°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias